As plantas também podem ser pequenos arbustos

Como ter uma horta caseira

Vamos aqui explicar o passo a passo de como ter uma horta caseira. O primeiro passo é decidir o que plantar, tendo em mente o que queremos ter a disposição, que tipo de espaço temos e como aproveita-lo da melhor maneira possível

O que plantar

h6

Na questão do que escolher, uma boa coisa é ver quais produtos queremos e precisamos, sejam eles temperos, legumes, frutas e etc, devemos sempre pesar o que será mais proveitoso para nós e nossa família.

Algumas coisas que bem interessantes de ter em casa são: alecrim, manjericão, cebolinha, sálvia, couve, alface, cenoura, rabanete, espinafre, hortelã, salsinha, pimentão, pimenta, tomates e morangos. Essas apenas são algumas sugestões, o lógico é que você leve em consideração tanto o espaço de que você dispõe e como o que você e sua família gostam de comer.

O espaço

h2

Com relação ao espaço, mesmo que você tenha pouco, pode ter muitas plantas frescas à sua disposição. Hoje em dia pode-se planar em vasos, garrafas pet que também podem ser penduradas, caixotes, e tudo mais que você possa colocar um pouco de terra, isso vai da criatividade bem como dos materiais que você tem à mão.

Com apenas algumas madeiras velhas e pregos se pode fazer lindas separações, caixas e vasos improvisados que vão segurar terra o bastante para fazer sua hortinha. Ainda utilizando materiais recicláveis, pode-se fazer uso de garrafas pet, cortando-as na lateral e fazendo um buraco no fundo. Após isso é só passar um barbante tanto no furo quanto na boca da garrafa e pendurá-la onde possível, esta alternativa é muito útil caso o espaço seja apertado demais para usar o chão, como em varandas de apartamentos.

Preparo da terra

h5

Se você vai fazer uma horta caseira, o ideal é que você use produtos orgânicos, pois além de tornar as coisas mais simples também torna sua horta muito mais saudável. Aqui vale usar desde esterco de gado, galinhas ou outro a disposição, até uma compostagem feita em casa. A terra deve ser misturada na proporção de 2 pra um, ou seja 1 litro de esterco para 2 litros de terra e depois colocá-la nos vasos em que serão plantadas as sementes ou mudas.

Existe também a opção de adubos químicos, que são mais fáceis de utilizar, mas não dão o efeito desejado nas plantas. Para fazer uma compostagem basta arrumar um balde onde você vai colocar lixo estritamente orgânico como cascas de ovos, restos vegetais e um pouco de terra. Caso possível adicione também palha pois ajuda na nitrificação da mistura. Deixe descansar com uma saída para os gases e um dreno para o chorume, que é o líquido que se forma no fundo da junção dos elementos.

Passe duas semanas misturando todo dia o composto do balde, após isso pegue o resultado e misture na proporção descrita acima com a terra que será utilizada para o plantio. O chorume pode ser dado como “vitamínico” para o solo onde já existem plantas, mas cuidado para não por demais pois o cheiro vai ficar insuportável e sempre aplique ao redor da raiz da planta, desviando das folhas para não prejudicar a planta.

Cuidado diário

h3

Você deve entender que cada planta tem uma necessidade diferente de luz, água e temperatura. O manjericão, por exemplo, prefere mais sol, já o hortelã se dá melhor na sombra e com uma quantidade maior de água.

As plantas também podem ser pequenos arbustos como a pimenta, pimentão, berinjela; rasteiras como a hortelã; coisinhas estranhas como a cebolinha e a salsa e raízes como a cenoura e o rabanete.

No pacotinho da semente, você vai encontrar os meses em que ela deve ser plantada e a forma correta de cuidado. Ter uma horta é algo simples e até mesmo terapêutico no combate do estresse do dia a dia, assim sendo, relaxe enquanto estiver cuidando de sua horta e aprecie as energias boas da natureza.

Compartilhe a ecologia!